29 de outubro de 2010

primeiro andar.


Já vou, será
Eu quero ver
O mundo, eu sei não é esse lá.

Por onde andar...
Eu começo por onde a estrada vai.
E não culpo a cidade, o pai.

Vou lá, andar
E o que eu vou ver..
Eu sei lá...

Não faz disso esse drama, essa dor...
É que a sorte é preciso tirar pra ter.
Perigo é eu me esconder em você.
E quando eu vou voltar, quem vai saber?
Se alguém numa curva me convidar,
Eu vou lá...
Que andar é reconhecer.
Olhar....

Eu preciso andar um caminho só.
Vou buscar alguém que eu nem sei quem sou....
Eu escrevo e te conto o que eu vi
E me mostro de lá pra você...
Guarde um sonho bom pra mim...

Eu preciso andar um caminho só.
Vou buscar alguém que eu nem sei quem sou....

(Primeiro Andar - Los Hermanos)


------------


Los Hermanos é perfeito, né?
Não preciso nem dizer muita coisa.
Final do ano vai chegando, e a gente começa a pensar em tudo que se passou durante o ano.
Ando bastante pensativa, falar não tem sido fácil. Admitir coisas e sentimentos então, pior ainda.
Acho que fiquei com trauma! rs...
Pelo que me dizem, logo as coisas vão passando, as feridas vão cicatrizando, e tudo vai voltando ao "normal".
Como compôs Amarante, "é que a sorte é preciso tirar pra ter", eu ainda não tirei.

Enfim...as coisas acontecem como tem que acontecer.



...guarde um sonho bom pra mim!


Um comentário:

Cissa disse...

Muito profundo esse post. Prefiro nem comentar muito. Vou pensar na vida também.

Beijos, Pintona!