28 de março de 2011

Não quero mais isso não....

Tô sentimental hoje!
Precisando de carinho e colo.


A semana foi carregada por conversas importantes, ansiedade, constatações inevitáveis, uma TPM de lascar a vida do pião...de admitir sentimentos, ou a falta deles. Muito trabalho, faculdade, uma correria!!!
Eu sinto que um ciclo está se completando na minha vida quando começo a pensar e sentir saudade do inicio.
Acho que tirei o ano pra refletir e "consertar" minha vida...eu sempre fui paradona e acomodada às situações. Tenho vontade de mudar, e não sei pra que lado ir. Muitas vezes me sinto perdida, sem ter a quem recorrer, sem ter um caminho pra seguir.
Ouvi verdades (na verdade li, foram ditas por e-mail..rs) sobre meu jeito...criticas construtivas, de uma pessoa que gosta muito de mim, que só quer meu bem! Abrir seus olhos, e te "provocar", tem jeito melhor de buscar mudanças? Mas, pq mudar te dá tanto medo? 
Eu sei que preciso...
Preciso me dar mais valor, gostar mais de mim, ser um pouco egoísta. 
Gostar de quem gosta de mim...
Preciso ser mais otimista, e para de ficar sofrendo antecipadamente..
Abstrair a má curiosidade da minha vida, eu sei que isso só me trás ansiedade, pra que ficar cutucando então? - Dizem que o que os olhos não vêem, o coração não sente.
Gastar menos, economizar mais!
Ser menos ironica! Apenas verdadeira e sincera, sem ironias!
Ter foco na faculdade e no TCC. 
Ter foco em dar o melhor de mim nesse ano.


Tenho tanta coisa pra dizer, queria postar, escrever, desabafar.
Aos poucos vou desabafando.


Dizem que 1 mês antes do seu aniversário, você vive o inferno astral...
Hoje, completa 1 mês para o meu aniversário..rs! Esse sentimentalismo logo vai passar..


Hoje, sonhei, acordei, li, refleti, chorei, ouvi, refleti mais um pouquinho, senti saudade e um vazio, desabafei..
Amanhã é um novo dia, e a gente fica a espera da batida perfeita!


Beeijos


Romana Pinto.


Queria te falar das minhas noites de insônia, de minhas lagrimas, do meu sofrimento, da minha dor e da minha paixão.

6 de março de 2011

Querido John


Antes de começar a ler, aperte o play do vídeo logo acima!
Garanto, é uma linda canção.


-*-


Porque eu sempre me derreto com histórias de amor?
Tô aqui chorando parecendo uma manteiga derretida porque acabo de ler livro e logo em seguida ver um filme de uma linda história de amor!
Sim, eu ainda acredito que histórias de amor, como essa, aconteçam realmente.


Querido John me levou pra um lugar melhor.
Me fez sentir que o amor está em todas as coisas que fazemos, desde uma simples carta...
Palavras, mais que palavras, sentimentos que podem mudar a vida de uma pessoa...
A pessoa que você ama!
Aprender que não importa o tempo com que se passa com a pessoa, mas que o que realmente vale é a intensidade que os momentos são vividos.


Ler Querido John, já foi bastante emocionante, os detalhes da história, dos lugares, dos sentimentos, são descritos de tal forma que te transportam ao lugar, e faz de você um observador da história, um telespectador, imaginando tudo e sentindo as mesmas coisas que John e Savannah. 
Ver Querido John, foi muito, muito emocionante. Eu vi todos os detalhes. A trilha sonora e a fotografia são perfeitas.
(Como todo livro e filme da mesma história, do livro para o filme tem suas pequenas adaptações, mas a essência da história continua sendo a mesma).


Ao mesmo tempo que me trouxe uma sensação de paz, senti um aperto no peito.
Saudade.


É isso, leiam o livro, assistam o filme!
É lindo demais!


Bom, vou ficando por aqui, nesse meu post de Carnaval. 
Esse ano não fui pra Porto, e a saudade aperta no peito. Mas, cada escolha traz sua conseqüência.
Logo, logo, estarei junto aos meus novamente! Amo muito vocês...e fazem falta demais! :)


Beijos.


Ah! Curtam direitinho a festa mais linda e animada do País!!!!
Se beber, não dirijam! :)
Usem camisinha! ;)


Romana Pinto. 


...I want to make you laugh!