9 de julho de 2012

saudade. e como não ter...

Ontem, em uma das ligações que mami me faz quase diariamente, pude falar com meus avós. Minha vó tagarelava super empolgada com a geladeira nova e maior que comprou, super preocupada com a neta (eu), super animada com a bisneta nova, enfim...uma super vó! Meu vô, com aquele jeito saudosista de falar, me chamando de 'branquinha', e me perguntando quando iria pra casa. 
Por um momento, imaginei a cena. Aquele clima de Porto entrando por minha casa. Meu pai chegando da Casa do Amor, minha mãe fazendo o almoço. Minha vó escolhendo as novas tupperwares e meu vô se intrometendo nas compras dela. rsrs!
Me deu saudade! E como não ter...

Alguém me disse uma vez: 'Quem ama, sente saudade!'

Não vejo a hora de sentir esse aconchego novamente. 

Essa música, nesse Dvd, está linda demais! E tem como não se emocionar? 
Versão linda! Camelo, sem comentários...


Um comentário:

Agatha disse...

pooo e a irmã? não está mais em Porto? kkk brincadeira rirmã.. saudades de vc tbm! não vejo a hora de ter vc por aqui.. beeijos, te amo sz